EPI para soldador e sua importância

O soldador é uma das profissões mais requisitadas da indústria apesar dessa atividade ter evoluído e expandido muito, seus materiais e técnicas também acompanharam essa evolução.

Apesar de toda evolução e das novas tecnologias, o profissional soldador está em constante exposição a riscos em suas atividades, seja ela, com o calor, projeção de materiais, poeira, inalação de fumaça, ruídos, entre outros.

Por isso que o uso de Equipamentos de Proteção Individual – EPI pelo profissional soldador é algo fundamental e merece toda atenção.

EPI para Soldador: Proteção durante o processo de soldagem

O EPI para o profissional soldador é fundamental, já que durante a soldagem o profissional está exposto a diversos acidentes que podem variar desde leves queimaduras até cegueira.

Por isso, é importante sempre se proteger de possíveis danos, tais como, nos olhos, na pele e até inalação de gases.

Pensando nisso, que cada EPI designado para o trabalho de um soldador não pode ser negligenciado para sua própria segurança.

A finalidade de cada EPI é buscar eliminar ou reduzir ao máximo toda e qualquer forma de ferimento que possa ocorrer com o profissional.

Os profissionais soldador autônomos tem a responsabilidade de ter, de comprar e dar a manutenção necessária. Já se você é um funcionário de uma empresa toda a responsabilidade de fornecimento dos equipamentos de proteção individual é de total responsabilidade do empregador.

epi para soldador

Algumas regras para o uso de EPIs indicam que o soldador deve usá-los da seguinte maneira:

  • Apenas para a finalidade a qual o EPI se destina
  • Responsabilizar-se pela guarda e também conservação do EPI
  • Comunicar ao empregador toda e qualquer alteração que torne o uso do EPI impróprio

A seguir separamos uma lista com os principais EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) e EPCs (Equipamentos de Proteção Coletivos), que tem as mesmas finalidade – de garantir a segurança e a integridade física dos funcionários.

Principais EPCs e EPIs

Os Equipamentos de Proteção Coletivos que são obrigatórios para qualquer trabalho de soldagem são:

  • Extintores de incêndio
  • Cortinas inactínicas ou cortinas para solda
  • Sistemas de extração de gases

Já os Equipamentos de Proteção Individuais são:

  • Aventais raspa
  • Máscaras de solda com lentes na tonalidade correta
  • Blusão de soldador
  • Mangote de raspa
  • Botas de proteção com solado isolante
  • Luvas de vaqueta ou de raspa
  • Perneiras
  • Touca de soldador
  • Máscara para fumos de solda
  • Óculos de proteção
  • Protetores auriculares

Lembrando que todos os equipamentos de proteção devem estar sempre limpos e em bom estado de conservação, para evitar infecções e outras doenças causadas por insalubridade.

Regulamentação dos EPIs

Todo equipamento de proteção deve ter um selo CA (Certificado de Aprovação), antes de ser usado. E esse documento é emitido pelo Ministério do Trabalho e Emprego e garante a qualidade e funcionalidade dos EPIs.

De acordo com a NR6 – Norma Regulamentadora, “todo e qualquer EPI, seja ele de fabricação nacional ou importado, só pode ser disponibilizado para venda ou até mesmo usado dentro das empresas se tiver a indicação do Certificado de Aprovação”.

Essas exigências têm como objetivo submeter os equipamentos a diferentes testes, antes que eles fiquem disponíveis para a venda, garantindo assim sua proteção, eficácia, durabilidade e conforto durante seu uso.

Trabalho em equipe

O trabalho com solda não deve ser realizado em locais isolados e/ou confinados, e muito menos sem um ajudante ou vigia.

Há casos em que o calor e a inalação de gases fazem com que o soldador tenha mal estar durante suas tarefas. Desta forma, é muito importante sempre tenha alguém junto com o profissional de solda, para dar suporte caso ocorra algo — assim como tratado na NR 33.

É muito importante ressaltar que de acordo com a normas de segurança no trabalho determinam que ajudantes de soldadores precisam portar os mesmos EPIs que o soldador, por estarem expostos aos mesmos riscos.

Como podemos descrever aqui nesse artigo é muito importante o uso do EPI para um soldador, ajudante ou empregador. É também de extrema importância estar ciente de todos os perigos que essa atividade envolve e por isso a importância da prevenção para que nada aconteça.

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.